[des]Encontros

Te perco
Na luz ofuscante do dia
Multicores da vida
Nas dobras dos lençóis
Quando a madrugada e o silêncio
Incendeiam e borram o que penso
Para te encontrar
Em cada verso meu que sussurra teu nome

(abril de 2013)

3 comentários:

Paula Moran Leite disse...

lindississímo!

Ian Lehmann disse...

lindíssimo é o motivo...

Paula Moran Leite disse...

lindíssimo és tu!

Postar um comentário